logo

                                       004563 d3a64bb59a9b48938200c969704a5484 mv2 d 2153 2043 s 2

Consulta Popular 2021: confira o passo a passo de como participar

banner

Neste ano, a votação da Consulta Popular ocorre de 22 a 30 de novembro. O Município de Chapada pertence a região Corede Rio da Várzea. Temos 5 demandas para nossa região, das quais o eleitor escolherá uma ao qual deseja que o Município ou a região recebam recursos. As demandas são as seguintes:

Demandas

COMO PARTICIPAR

Estão habilitados a participar os eleitores com domicílio eleitoral no Rio Grande do Sul, podendo escolher apenas um dos Programas ou Ações constantes na cédula. A votação será em meio digital: de forma on-line através do site da Consulta Popular, no endereçohttps://consultas.colab.re/consultapopular (as cédulas estarão disponíveis nos dias de votação) ou do aplicativo Colab. Para votar é necessário o número do título de eleitor. 

Para quem tiver dificuldade de acesso à internet ou precisa de algum auxílio para votar, inclusive pelo aplicativo de celular Colab, poderá procurar um dos pontos de apoio em que o Município terá pessoas disponíveis para auxiliar os eleitores. Os pontos são: Prefeitura, CAIS, Escola Érico Veríssimo, Unidades de Saúde de Tesouras e Boi Preto e no IEE Júlia Billiart.

        SITE: https://consultas.colab.re/consultapopular                                                          site  OU  colab

Cidadão, colabore com seu Município.

Participe da Consulta Popular 2021!

Sobre a Consulta Popular

Desde 1998 o Estado do Rio Grande do Sul instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população define diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Esse processo foi denominado de Consulta Popular.

Anualmente o Governo do Estado fixa o valor submetido à deliberação da população. A verba é distribuída entre as 28 Regiões do Estado, de acordo critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE). Para a Consulta Popular 2021 o valor disponibilizado será de R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais).

Definido o valor para cada região, o governo e os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (COREDES) organizam o processo de discussão em Assembleias Públicas Regionais, Assembleias Públicas Municipais e Assembleias Regionais Ampliadas. Nos encontros é construída uma cédula de votação regional que é submetida aos eleitores gaúchos na votação da Consulta Popular.

Imprimir Email